sexta-feira, 28 de março de 2014

ALIADOS DE EDUARDO PAES FAZEM PIRRAÇA E DERRUBAM VETOS DO PREFEITO




O prefeito Eduardo Paes deveria tomar um guaranazinho nos gabinetes dos vereadores da sua base na Câmara do Rio. A visita saciaria a sede dos nobres colegas por atenção. Insatisfeitos por nem sempre serem atendidos, os “aliados” andaram ensaiando alguns recados. Do dia 13 de março para cá, por exemplo, de 52 vetos do prefeito a projetos legislativos, 49 foram rejeitados no plenário.

Ao tentar explicar a derrubada maciça, o líder do governo na Câmara, Luiz Antônio Guaraná (PMDB), saiu-se com resposta bem sincera:

— A base me dá mais trabalho do que a oposição. Na oposição, pelo menos, eu sei o que eles vão fazer. Aqui na Casa, há um clima de tensão natural — disse, ele mesmo alvo de alguns dos melindrados políticos queixosos por Guaraná nem sempre ser todo ouvidos.

Hoje, o prefeito tem uma base de, pelo menos, 40 vereadores. Mas é hora de dar mais atenção aos sinais de SOS. Um dos aliados anda reclamando pelos corredores que não consegue ver as demandas de suas comunidades atendidas. Mas garante que não tem rebelião.

Tem também a ciumeira — essa, sim, uma velha aliada dos nobres colegas.

— Paes só ouve aqueles três meninos de lá da prefeitura — diz um magoado mosqueteiro na Câmara, referindo-se aos secretários Pedro Paulo (Casa Civil), Carlos Osório (Transportes); e o deputado federal Rodrigo Bethlem (PMDB).


Se o prefeito tem seus projetos rejeitados, imagine para os vereadores de oposição que lutam diariamente para que as demandas de seus eleitores sejam atendidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário