sábado, 8 de fevereiro de 2014

RIO: GUARDA MUNICIPAL EM GREVE



Ontem, dia 7 de fevereiro de 2014, os Guardas Municipais do Rio de Janeiro escreveram uma importante página na história da Instituição. Depois de um ano de manifestações em via pública, reuniões, audiências públicas, sem nenhum avanço em suas reivindicações, os Guardas Municipais decidiram em uma assembleia com a presença de mais de 3 mil GMs deflagrar a GREVE.
De agora em diante os Guardas vão ser testados diariamente. As ameaças provavelmente vão se intensificar, mas precisarão se manter firme, porque essa firmeza é que vai garantir o atendimento das reivindicações.
Se os Guardas aderirem a greve, ainda nessa semana as boas notícias chegarão e os guardas voltarão a sorrir.
Eu apoio a luta dos Guardas Municipais.


"G1
Guardas Municipais decidem entrar em greve e fazem protesto no Rio

Manifestação ocorreu no entorno da Central do Brasil na noite desta sexta.
Categoria briga por melhores salários e condições de trabalho.
Do G1 Rio
Dezenas de guardas municipais realizaram uma manifestação na noite desta sexta-feira (7) nas imediações da Central do Brasil. O ato, que segundo o 5º BPM (Praça Harmonia) contou com cerca de 300 manifestantes, terminou com um abraço simbólico à uma unidade da Guarda Municipal. De acordo com o presidente na Federação Nacional dos Sindicatos da Guarda Municipal, Rogério Chagas, os agentes decidiram, em assembleia, entrar em greve por tempo indeterminado.
Segundo Chagas, a categoria luta por melhores condições de trabalho, maior segurança aos agentes em serviço nas ruas e estabelecimento de piso salarial em R$ 1.350. Ele afirmou que a Guarda mantém diálogo com a prefeitura apresentando as reivindicações, mas que a administração municipal apenas promete apresentar uma proposta.
O G1 tentou contato com a Guarda Municipal, que não atendeu às ligações (Fonte)".

Fotos da Mobilização




















Nenhum comentário:

Postar um comentário