quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

ESTADÃO PUBLICA GRAVE DENÚNCIA CONTRA JOSÉ SARNEY



A denúncia é muito grave, o senador José Sarney (PMDB) teria resgatado mais de R$ 2 milhões da sua conta no Banco Santos, isso no dia anterior à intervenção, o que pode caracterizar que ele teve uma informação privilegiada.
"ESTADÃO
Suspeita contra Sarney deve parar no STF Procuradoria pede que Supremo avalie prática de delito de senador, que resgatou R$ 2 milhões um dia antes da intervenção no Banco Santos 
12 de fevereiro de 2014 | 2h 03
Fausto Macedo - O Estado de S.Paulo
O Ministério Público Federal em São Paulo vê "elementos concretos de possível prática de delito" envolvendo o senador José Sarney (PMDB-AP) no emblemático episódio do Banco Santos - em novembro de 2004, segundo o MPF, por sua "relação estreita" com o então banqueiro Edemar Cid Ferreira, controlador da instituição, Sarney teria se beneficiado, resgatando R$ 2,159 milhões (em valor da época) antes de o Banco Central decretar intervenção (Leiam mais)".
Foto: Dida Sampaio/Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário