sábado, 15 de fevereiro de 2014

BRASIL: O PAÍS DOS ESCÂNDALOS POLÍTICOS, UM ABAFA O OUTRO



A sucessão de escândalos envolvendo políticos no Brasil é algo inacreditável, a cada dia surge um escândalo novo, prontinho para entrar na moda através da imprensa e para jogar no esquecimento o escândalo anterior. Esse é um efeito perverso e que gera a impunidade, pois são tantos escândalos políticos a serem noticiados que os anteriores perdem a força no noticiário, raros sobrevivem na memória, como foi o caso do "mensalão".
O escândalo do momento envolve a Petrobrás e ex-ministro.
"JORNAL DO BRASIL
Economia
14/02 às 18h20 - Atualizada em 14/02 às 18h32
Escândalo da Petrobras pode envolver ex-ministro e seu filho
Dinheiro da holandesa SBM podem ter ido para campanha
As informações sobre pagamento de suborno a um ex-diretor da Petrobras pela holandesa SBM, dona da maior frota de mundial de plataformas para exploração de petróleo do mundo, começam a ter desdobramentos e possivelmente envolvem o primeiro escalão do governo. De acordo com as denúncias reveladas por um ex-funcionário da SBM, o ex-diretor recebia uma comissão da empresa e repassava a maior parte para financiar campanha política. Entre os beneficiados está um ex-ministro das Cidades e seu filho.
O ex-diretor da Petrobras – da cota de um dos partidos da base de apoio ao governo – pode ter recebido da SBM cerca de US$ 139 milhões. Em troca da propina a empresa holandesa tinha a garantia de contratos para aluguel de plataformas de exploração de petróleo. O suborno começa a aparecer com mais força na mídia e já deu munição à oposição que já está pedindo a investigação do caso. A liderança do PSDB na Câmara protocolou, na quinta-feira (13), na Procuradoria Geral da República (PGR), uma representação pedindo a investigação da denúncia (Leiam mais)".

Nenhum comentário:

Postar um comentário