quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

JUROS DO CHEQUE ESPECIAL É MENOR QUE O DO PARCELAMENTO DO IPVA



Com juros de 11,55% ao mês, parcelar IPVA no Rio é mais caro até que cheque especial 

Melhor opção é pagar a cota única, aproveitando o desconto de 10% neste ano 

 RIO - Donos de veículos com final de placa 0 do Rio de Janeiro têm até esta quarta-feira para fazer o pagamento do IPVA referente a 2014. Neste ano, o desconto para quem pagar o imposto em cota única é um pouco maior que o oferecido em 2013: 10%, em vez de 8%. Com isso, a taxa de juros embutida no parcelamento em três vezes também sobe, de 8,96% no ano passado para 11,55%, fazendo com que financiar o IPVA seja a opção menos vantajosa, com taxa que chega a superar linhas de crédito caras, como o cheque especial e o cartão de crédito. 

Como a primeira parcela tem a mesma data de vencimento do pagamento à vista, os juros incidem sobre as duas últimas parcelas. Portanto, caso o IPVA de um carro seja de R$ 1.200, o contribuinte tem a opção de pagar R$ 1.080 à vista ou parcelar em três vezes de R$ 400. Na prática, é como se o valor financiado fosse de R$ 680 (diferença entre o valor à vista e as duas últimas parcelas), a 11,55% ao mês. A conta não inclui outras taxas cobradas, como o seguro obrigatório Dpvat, fixo em R$ 105,65, e a taxa de licenciamento anual do Detran-RJ, de 101,77. 

Com isso, até tomar dinheiro emprestado do banco é mais vantajoso. Segundo a pesquisa mais recente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), de dezembro, a linha de crédito mais salgada era, naquele mês, a do cartão de crédito rotativo, com juros de 9,37%. Já o cheque especial, conhecido vilão do orçamento, também é mais vantajoso que o parcelamento do imposto, com taxa de 7,97% ao mês, embora utilizar essa modalidade seja desaconselhado, conforme lembrou o professor do Ibmec Roberto Zentgraf. - No caso do cheque especial, não aconselho, porque essa (7,97%) é uma média. Mas em alguns bancos a taxa pode chegar a 11%, 12%. Seria trocar seis por meia dúzia - alertou o economista Especialistas também orientam que aqueles que têm dinheiro aplicado retire o montante necessário para pagar a cota única, já que, muito dificilmente, uma aplicação terá rendimento próximo aos juros do parcelamento. - Essa taxa (de 11,55%) corresponde a 271,22% ao ano.

Realmente, para quem estiver no Rio de Janeiro, independentemente da aplicação que ele tenha, deve resgatar o dinheiro e pagar à vista, aproveitando o desconto. Para quem não tiver dinheiro, sai até mais barato pegar no cheque especial e pagar à vista - explicou Miguel José Ribeiro, diretor-executivo de estudos e pesquisas econômicas da Anefac Aplicando o raciocínio ao pagamento do imposto sobre um Fiat Pálio 2011, cujo IPVA à vista é de R$ 914,60 (de acordo com tabela da Secretaria da Fazenda), caso o proprietário escolha tomar esse valor emprestado, a juros de 3,2% ao mês (média do empréstimo pessoal em dezembro, segundo a Anefac), economizará R$ 42,48, no fim das contas. 

Para um carro mais caro, um Ford Fusion, cujo IPVA com desconto é de R$ 2.709,64, a economia é de R$ 125,85, nas mesmas condições, já que o parcelamento sairia por R$ R$ 3010,71 (3x R$ 1.003,57) e o empréstimo no banco, por R$ 2.884,86 (3x R$ 961,62). As guias para recolhimento começaram a ser emitidas no último dia 14. 

No entanto, quem ainda não pagou pode gerar uma nova guia neste link, caso deseje mudar a forma de pagamento. A tabela completa dos vencimentos está disponível no site da Secretaria da Fazenda do Rio de Janeiro. 

FONTE: http://oglobo.globo.com/economia/com-juros-de-1155-ao-mes-parcelar-ipva-no-rio-mais-caro-ate-que-cheque-especial-11369251

Até quando achamos que estamos levando alguma vantagem estamos sendo enganados. Se o governo tem condições de bancar o desconto de 50 % do IPVA dos ônibus, seria pedir muito o parcelamento a um juros honesto ou razoável? Francamente! Já passou a hora de exigirmos respeito desse governo.

Um comentário:

  1. E esse desgovernador não pode dar subsídios aos planos de saúde para os servidores e
    50% de desconto no IPVA dos donos de empresas de ônibus pode pesticida nas baratas...

    ResponderExcluir