quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Pelo fim do RAS compulsório

Desesperado ao ver que seu horário de descanso e convívio com a família foi tomado, um PM se algemou no quartel.

A fonte desse problema é o tal do RAS compulsório. Ele deveria ser usado para remunerar os serviços extras oferecidos como uma forma de complementar a renda do policial, mas na PMERJ tem sido imposto e como é obrigatório, se transformou em outra escala de serviço, diminuindo ainda mais o período de descanso dos policiais, que já é o menor no estado do rio, afinal eles ainda estão submetidos a escala 24x72.

O governo está se arriscando muito ao pressionar os policiais. Eles estão se mobilizando e se o Pezão continuar seguindo as ordens do Cabral vai ter o mesmo destino deste.

Fica esperto governador! Policial também é gente, tem família, precisa descansar, e só assim dará o seu melhor no trabalho para nos defender da bandidagem.


As providências tomadas pelo governo foram bem ao estilo CABRAL. 

TIRO, PORRADA E BOMBA!!!

PRENDEU TODO MUNDO QUE ESTAVA NO CAMINHO.

Enquanto centenas de vagabundos ganham a liberdade diariamente, o policial desesperado vai passar a virada de ano encarcerado e responderá por crime (Em que crime ele foi enquadrado?). Uma coisa é consenso. Quem prendeu o PM em flagrante tem muita imaginação por ter achado onde enquadrar essa conduta como crime e levar o militar ao BEP.


VAMOS ACOMPANHAR O CASO DE PERTO.

Viaturas da PMERJ estão sem combustível?

Com o recente episódio de viaturas da PMERJ paradas por falta de combustível, já estão sugerindo outros modelos de viaturas, as sugestões variam do GNV a tração animal.

Guerra pessoal do atual comando do bombeiro com os guarda vidas está matando banhistas.

JORNAL DO BRASIL

Com baixo efetivo, guarda-vidas alertam para risco de afogamentos na Zona Sul Segundo bombeiros, o último concurso foi realizado em 2008 Stefano Grossi.

Não é novidade para ninguém que, com a chegada do verão, a quantidade de pessoas que frequentam as praias do Rio de Janeiro aumenta consideravelmente. Mas se engana quem pensa que com isso o número de guarda-vidas de plantão também aumenta.

Nas praias de Ipanema e Leblon, apenas dois guarda-vidas cuidam de uma faixa de um quilômetro de areia. Um número muito baixo, principalmente por se tratar da vida das pessoas. Segundo um dos bombeiros que trabalham na orla da Zona Sul, e não quis se identificar, o risco de ocorrências com o baixo número de guarda-vidas é enorme.

Bandeira vermelha alerta banhistas sobre riscos de afogamento “São dois guarda-vidas em cada posto. Entre um posto e outro são cerca de um quilômetro de faixa de areia. Como que eu posso garantir a segurança de alguém dessa maneira? A vida das pessoas que frequentam a praia está sendo colocada em risco. O ideal seria, além dos dois em cada posto, mais uns cinco espalhados na areia nesse intervalo de um quilômetro”, comentou o bombeiro.

Os guarda-vidas reclamam que desde 2008 não há aumento no número de efetivos. De lá pra cá já se passaram seis anos, e a quantidade de gente frequentando as praias aumentou consideravelmente. No meio deste ano, o Corpo de Bombeiros divulgou que iria abrir concurso para guarda-vidas. Foi anunciado que iriam abrir 150 vagas, mas segundo os funcionários, o concurso não aconteceu. “Estamos trabalhando 12 horas por dia. É um trabalho cansativo não só fisicamente, mas psicologicamente também. A idade do pessoal está ficando elevada, e não é feita uma renovação do efetivo. O pior de tudo é que devido às facilidades de transporte como metrô e ônibus, a frequência nas praias aumentou muito”, disse outro guarda-vidas.

Forte calor lotou a Praia do Leblon neste domingo: poucos guarda-vidas para tanta gente De acordo com um dos guarda-vidas que trabalha na Zona Sul, e que também preferiu não se identificar, foi prometido um aumento de 50% do número de efetivos, mas até agora isso não aconteceu. “Nós fomos informados que haveria um aumento de 50% na equipe, mas isso não aconteceu. O que tem acontecido é a diminuição do efetivo, pois muita gente saiu e não foi substituída”, alertou.


Link: http://m.jb.com.br/rio/noticias/2014/12/28/com-baixo-efetivo-guarda-vidas-alertam-para-risco-de-afogamentos-na-zona-sul/


Comentário: A cada fica mais evidente que a ausência e concurso publico para guarda vidas e falta de investimento são parte de uma ação coordenada para descredibilizar o serviço. Nos parece que o comando quer a morte de banhistas para justificar alguma ação obscura.

Qual a intenção do comando da corporação?

 O que eles ganham matando alguns banhistas e quem sabe bombeiros?

Querem entregar o serviço para outro órgão?

Eu não sei, mas vamos descobrirnos próximos 4 anos que eles ganharam.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Carta encaminhada pelo FACEBOOK (“TOQUE DE RECOLHER e TOQUE DE PRONTIDÃO” )

“TOQUE DE RECOLHER e TOQUE DE PRONTIDÃO” 

Semana passada, na madrugada do dia 12 de novembro de 2005, enquanto eu dormia, um carro chocou-se violentamente contra o do meu filho, não respeitando a sinalização.

O acidente foi grave, e meu filho logo lembrou-se de mim e dos conselhos que desde a infância escutou desta mãe que é médica e que algumas vezes ele assistiu socorrer acidentados na rua onde mora .

Ao sair do carro e com forte dor toráxica, deitou-se imediatamente no asfalto recolhendo-se , evitando qualquer movimento e pediu a um senhor que passava no local:" Chame, por favor os bombeiros!"

Assim que meu filho acionou o "Toque de Recolher", os bombeiros do 17º GBM do Rio de Janeiro,comandados pelo Capitão B M Casemiro, tendo ao seu lado a enfermeira CB Ana Hilário, saíram atendendo ao “Toque de Prontidão”.

São anjos que enquanto descansamos, sempre lá estão, em todos os lugares onde acidentes e incendios acontecem, atendendo os nossos familiares.

Eles salvam vidas, muitas vezes expondo as suas próprias.

Suas sirenes acalmam os corações assustados daqueles que os esperam ansiosamente chegar, e que muitas vezes estão lutando sozinhos contra o tempo, pois em muitos casos, alguns poucos minutos fazem uma enorme diferença para que suas vidas possam prosseguir.

Passados dois dias só pensava poder encontrar a Equipe que atendeu o meu filho naquela madrugada com tanta eficiência e carinho.

Fui até ao 17º GBM para descobrir o próximo plantão deles.

Deus abençoou-me mais uma vez, pois estavam todos lá novamente.

Pedi para chamar o médico Dr. Casemiro e ao vê-lo abracei-me com ele, com lágrimas que escorriam pelos meus olhos, à minha revelia e só conseguí dizer-lhe num primeiro momento, obrigada por tudo!
Ele ainda sem entender do que se tratava, cedeu-me seu ombro para o meu desabafo emocionado.
De repente, um toque de sirene fez com que toda a tropa em segundos perfilasse na minha frente e não me lembro bem o que disse pois a minha emoção era grande, mas transcreverei o que desejei dizer-lhes:

“ Queridos amigos do 17º GBM Rio de Janeiro:

Que linda missão vocês tem!

Como vocês são importantes para todos nós!

Enquanto estamos em nossas casas descansando, muitas vezes vocês estão atendendo nossos familiares, que sempre em situações de risco respiram aliviados ao verem vocês chegarem, pois o medo da morte imediatamente é substituído pela esperança de sobreviver!

E na maioria das vezes é o primeiro atendimento de vocês que realmente salva tantas vidas, que saem do pânico de recolhimento e num toque de prontidão, ao vê-los, fazem com que aquelas pessoas fragilizadas, entrem em sintonia obediente com as suas ordens sensatas. Suas almas unem-se imediatamente numa energia de luta, fé e amor. E vocês como instrumento de Deus iniciam o socorro.

Vocês bombeiros(soldados, cabos, sargentos , capitães, coronéis, comandantes,etc) fazem parte de uma bela e competente orquestra, que executam sempre que entram em ação uma linda sinfonia chamada VIDA.

A cor é vermelha do fogo, do sol muitas vezes de um lindo amanhecer ou entardecer, do sangue que circula por nossos vasos impulsionado pelas batidas de nossos corações, das rosas de amor e da paixão, da alegria por estarmos vivos apesar das vicissitudes que a vida nos impõe. Vermelho de luta e de garra!

Vocês, como aqueles músicos que tocavam com o nosso grande maestro Pixinguinha, são BATUTAS.

Voces são música, são poesia, são pura emoção, são amor, são uma linda canção.

Espero que este meu desabafo de gratidão seja carimbado para sempre nos seus corações e nas suas fichas profissionais, assim como seus rostos ficarão carimbados na mente de meu filho e na minha.

Cap.BM Casemiro
2º Ten. Flavio Azevedo
1º SGT Alves
1º SGT Leonardo
1º SGT Chagas
2º SGT Dias
2º SGT Nogueira
3º SGT Julio César
CB Ana Hilário
CB Pinheiro
CB Marques
CB Benigno
CB Nascimento
CB Carlos Henrique
CB Luiz
SD Romero
SD Fábio Moreira
SD França
SD André

O meu sincero muito obrigada!

Ana Campitelli Simas, mãe de Eduardo Campitelli

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Guardas caminham pelo centro reivindicando mais segurança para trabalhar

Após reiterados confrontos com guardas lesionados e mortos, os guardas partem para a luta por mais condições de segurança para trabalhar. 


O estatuto da Guarda, aprovado recentemente garantiu aos guardas poder policia e indicação para que seja armada, mas no rio os guardas sequer trabalham com dispositivos não letais.



Mexeu com o Bombeiro, mexeu comigo!



Sei que todos os nossos amigos e eleitores tem acompanhado durante o dia as notícias relacionadas ao tumulto provocado por um Juiz no posto de guarda vidas. 

O vídeo acima, publicado pelo O Dia, O Globo, Record e SBT mostram o momento em que o Juiz, acompanhado de alguns amigos, entram sem autorização no posto e passam a submeter todos os trabalhadores a diversos transtornos e inconvenientes.

Estou acompanhando o caso para garantir a isenção da justiça e que o juiz seja responsabilizado por seu comportamento inadequado e inadmissível para um representante do poder judiciário.

Infelizmente, a Justiça que é tão morosa para a maioria dos casos, neste se adiantou e nosso bombeiro já figura como autor do desacato e da lesão corporal, e quanto ao Juiz, não há nenhum indício de que sua responsabilidade no conflito que ele deu causa seja apurada.

Preocupado com isso, estou agendando uma reunião com o corregedor do TJ e representando contra o Juiz no Conselho Nacional de Justiça. Vamos ver no que vai dar!

FORÇA FERNARETI!!!!!

Abaixo segue o número do processo obtido no site do TJ/RJ.

Processo No 0467026-54.2014.8.19.0001

TJ/RJ - 18/12/2014 14:31:42 - Primeira instância - Distribuído em 08/12/2014
Comarca da Capital4º Juizado Especial Criminal
Cartório do 4º Juizado Especial Criminal - Leblon
Endereço:Humberto de Campos   315   2º Andar  
Bairro:Leblon
Cidade:Rio de Janeiro
Ofício de Registro:4º Ofício de Registro de Distribuição
Assunto:Lesão Corporal Leve (Art. 129 - Cp) C/C Desacato (Art. 331 - CP)
Classe:Termo Circunstanciado
Autor do FatoANDRE ANDRADE FERNARETI
Tipo do Movimento:Ato Ordinatório Praticado
Data:11/12/2014
Descrição:local
Tipo do Movimento:Distribuição Dirigida
Data da distribuição:08/12/2014
Serventia:Cartório do 4º Juizado Especial Criminal - Leblon - 4º Juizado Especial Criminal
Processo(s) no Conselho Recursal:Não há.
Localização na serventia:Autuação/CAPA
Os autos processuais findos dos Juizados Especiais Criminais, em que não houver condenação, serão eliminados depois de cumprido o prazo de 5 (cinco) anos de guarda, facultando-se às partes interessadas a extração da documentação original.

Cobertura da mídia
O DIA - http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-17/confusao-entre-juiz-e-bombeiro-vai-parar-na-delegacia.html
O GLOBO - http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/12/confusao-entre-juiz-e-bombeiro-vira-caso-de-policia-no-rio.html

CONEXÃO PENEDO - http://www.conexaopenedo.com.br/2014/12/juiz-envolvido-em-confusao-com-bombeiro-em-ipanema-sera-investigado/

O DIA - http://www.sosbombeirosrj.com/2014/12/juiz-abusado-sera-investigado-pela.html

O DIA - http://www.sosbombeirosrj.com/2014/12/vereador-marcio-garcia-representara.html

Juiz tumultua posto de guarda vidas (O DIA)

Confusão entre juiz e bombeiro vai parar na delegacia

Vídeo mostra parte da briga dentro de posto na Zona Sul. Caso aconteceu no último domingo

ADRIANA CRUZ E THIAGO ANTUNES

Rio - Mais uma confusão envolvendo um magistrado foi parar na Justiça. Desta vez, o juiz Bruno Monteiro Ruliere, da 1ª Vara de Saquarema, é acusado de ofender um bombeiro dentro do posto de guarda-vidas, em Ipanema, Zona Sul do Rio, no último domingo. Ruliere, no entanto, alega que foi agredido por socos pelo sargento Andre Fernarreti. Na 14ª DP (Leblon), o caso foi registrado como lesão corporal e desacato depois de nove testemunhas serem ouvidas. Agora, o desfecho será no 4º Juizado Especial Criminal.

Um vídeo obtido por O DIA revela parte da confusão. As imagens, sem aúdio, mostram Ruliere entrando no posto 9 com mais dois amigos. O motivo seria porque a namorada de Fábio Pastor, um dos que acompanham o juiz, teria sido agredida por uma funcionária do local. A discussão teria começado por causa do uso do banheiro. Após o trio cercar uma das funcionárias, uma delas chama os guarda-vidas.




Vídeo:  Confusão entre juiz e sargento

Uma nova discussão tem início entre Fernarreti e Ruliere, este aparentando estar exaltado. Quando o guarda-vidas sobe as escadas, o magistrado vai atrás e o encara. Logo depois, Fernarreti desfere dois socos em Ruliere, que desce as escadas e sai do posto, retornando segundos mais tarde e subindo a escada novamente.

"O juiz estava agindo ali com abuso e além do limite de suas responsabilidades", disse o vereador Marcio Garcia (PR), que presta assessoria jurídica aos bombeiros no caso. "Estou acompanhando tudo para garantir que eles tenham o direito de se defender e evitar que ele (Ruliere) tenha algum privilégio, pois é filho de um desembargador. Tentaram arrastar uma das funcionárias e os guarda-vidas foram ver o que estava acontecendo. Não é porque alguém é juiz que pode arrumar briga com todo mundo", relatou Garcia ao DIA .

O magistrado relatou, em depoimento, que foi impedido de entrar no posto pelos funcionários e se identificou como juiz. Após a confusão com o sargento, Ruliere deu-lhe voz de prisão e acionou dois policiais militares. Segundo ele, André ainda lhe desferiu outro soco pois não queria ir para a delegacia. André informou aos policiais ter sido ofendido diversas vezes pelo magistrado que, irritadiço, o mandou se f#% e ainda tentou lhe dar uma cabeçada. A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça informou que não vai se pronunciar sobre o caso.

Outros casos envolvendo magistrados

Não é a primeira confusão envolvendo um magistrado. Em 2011, a agente de trânsito Luciana Silva Tamburini recebeu voz de prisão do juiz João Carlos de Souza Correa, após ele ser parado por ela em um blitz da Lei Seca. Na ocasião, após Correa se identificar , Luciana respondeu que 'juiz não é Deus'. Ela foi processada pelo magistrado e, neste ano, foi condenada pagar uma indenização de R$ 5 mil ao magistrado.


A agente da Lei Seca Luciana Tamburini: condenada a pagar R$ 5 mil a juiz
Foto:  Ernesto Carriço / Agência O Dia
O caso gerou repercussão e solidariedade. Luciana recebeu mais de R$ 40 mil após internautas realizarem uma 'vaquinha virtual' para pagar o montante. Ela ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo seus advogados, a agente ainda avalia se deve levar o caso à última instância.

No começo deste mês, o juiz Marcelo Testa Baldochi, da comarca de Senador La Rocque, no sul do Maranhão, deu voz de prisão a três funcionários da TAM, no aeroporto da cidade de Imperatriz, localizada no sudoeste do estado. Ele foi barrado por funcionários da companhia pois chegou atrasado no embarque de seu voo para São Paulo.

O magistrado foi informado que não poderia entrar no seu voo pois o embarque já havia sido encerrado e o processo de decolagem estava em andamento, momento em que ele deu voz de prisão a um dos atendentes da empresa. Baldochi acusou os funcionários da companhia de crime contra o consumidor. Os funcionários foram encaminhados para a delegacia local, onde prestaram depoimento e foram liberados logo em seguida.

O juiz conseguiu embarcar em outro voo no mesmo dia pela companhia aérea Gol. Em 2007, foi incluído na 'lista suja' do Ministério do Trabalho por manter 25 funcionários em situações semelhantes a escravidão.


O órgão localizou os funcionários em situações degradantes em uma de suas propriedades. Na época, Baldochi  declarou que houve "abuso" por parte da fiscalização e que "nunca houve" trabalho semelhante à escravidão em suas terras. 

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-17/confusao-entre-juiz-e-bombeiro-vai-parar-na-delegacia.html

Juiz provoca tumulto em posto de guarda vidas (O GLOBO)

Confusão entre juiz e bombeiro vira caso de polícia no Rio
Discussão começou por causa da utilização de banheiro de posto na orla.
Caso registrado como lesão corporal e desacato foi enviado à Justiça.
Do G1 Rio

Uma confusão envolvendo um juiz novamente virou caso de polícia e foi parar na Justiça. No dia 6, o juiz Bruno Monteiro Ruliére se envolveu numa briga com o sargento do Corpo de Bombeiros André Fernarreti, que trabalha como guarda-vida do posto 9, na orla de Ipanema, Zona Sul do Rio, e o caso acabou indo parar na 14ªDP (Leblon). A reportagem foi publicada no jornal "O Dia". Segundo a Polícia Civil, o registro foi feito como lesão corporal e desacato e foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim).
Em um vídeo de câmera de segurança do posto ao qual o G1 teve acesso (veja acima), Ruliére, que é responsável pela 1ª Vara de Saquarema, aparece entrando no posto com dois amigos. Segundo o vereador Márcio Garcia (PR), que também é bombeiro e está assessorando juridicamente o sargento, o juiz foi ao posto tomar satisfações com uma funcionária do local que teria se envolvido em uma discussão com a mulher de um amigo do magistrado por causa da utilização do banheiro.

“Ele entrou dizendo que o posto estava fechado, interditou o estabelecimento e deu voz de prisão e tentou prender todo mundo. É nessa hora que ele aparece pegando no braço da senhora, que olha para cima e pede socorro aos guarda vidas”, afirmou o vereador.

Em seguida, o sargento aparece descendo a escada com outro bombeiro para falar com Ruliere e outros dois rapazes que entraram no posto com ele. “Inicialmente eles (os bombeiros) tentam apaziguar a situação. O juiz está visivelmente alterado, gritando, ofendendo e com hálito etílico. No momento em que ele (bombeiro) tenta impedir que os funcionários do posto fossem arrastados, passa a ser o alvo das ofensas”, diz Garcia.

De acordo com as imagens, no momento que bombeiro começa a subir as escadas, o juiz vai atrás. “É nessa hora que ele dá uma cabeçada no sargento. O Fernarreti está muito bem fisicamente, se a intenção dele fosse bater, nessa hora o juiz estava hospitalizado. Ele apenas se defendeu da cabeçada. As imagens mostram isso. Ele é um cara extremamente calmo, tranquilo, pacífico e não tem histórico de punição”, afirmou o vereador.

Procurado pelo G1 Rio, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) alegou que não vai se pronunciar a respeito do assunto e disse que até o momento não recebeu informações se o magistrado vai ou não se manifestar a respeito do assunto.


Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/12/confusao-entre-juiz-e-bombeiro-vira-caso-de-policia-no-rio.html


domingo, 14 de dezembro de 2014

População mobilizada em defesa da vida dos policiais

Neste domingo, conforme divulgado, aconteceu a 2 marcha em defesa da vida do policial. 

Com a presença de centenas de pessoas, autoridades civis e Militares, a população teve a rara oportunidade de defender aqueles que escolheram por profissão ocupar a linha de frente do combate ao crime.


Caminhei e conversei bastante e pela minha apuração, eles querem o fim do RAS compulsório,  revisão das escalas de serviço (24x72 ou equivalente), coletes, blindagem de viaturas e UPP, facilitação do processo para aquisição do armamento de uso pessoal e/ou acautelamento de armamento da PMERJ, treinamento prático de operações e tiro periódico, e salário compatível com o risco da nossa profissão, porque só isso poderia garantir que tenham condições de viver em locais mais seguros e evitar a covardia na folga.


Vejo o vídeo abaixo:





quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Entrevista no SBT Rio sobre violência contra policiais

Após mais uma noite de confronto de policiais e marginais, novos policiais passaram a engrossar a vergonhosa marca de centenas de policiais feridos e mortos em combate na nossa guerra contra o crime.

O SBT honrou mais uma vez seu compromisso com a vida do policial e com os cidadãos de bem, garantindo espaço no seu jornal para a discussão do tema.

Defendi o ponto de vista de que essa guerra contra o crime não é só da policia militar e outros órgãos da segurança pública, essa guerra é de todos nós e devemos combate-la ombro a ombro com a polícia.

Veja o trecho com a entrevista abaixo:



domingo, 7 de dezembro de 2014

O rio esquecido - Gretiza/ Águia de Ouro

Durante a última campanha eleitoral, quando concorria ao cargo de vice-governador, tive a oportunidade de conhecer a Comunidade Águia de Ouro (antigo rato molhado) e a sua vizinha Gretiza. 

A Comunidade está localizada a alguns metros do Norte Shopping, Nova América e Wall Mart, separada da Comunidade do Guarda pela linha Amarela e delimitada pelo Cemitério de Inhaúma e Avenida Pastor Martin Luther King (antiga Automóvel Clube).

Essa semana voltei por lá e a impressão ruim que tinha se transformou em péssima. Nasci num berço de ouro, nunca passei fome, sempre tive acesso a educação, lazer e cultura, claro que tudo dentro das limitações impostas pela remuneração do meu pai, um servidor público militar da União, mas, a cada dia, me convenço de que nasci num berço de ouro.

A Gretiza nasceu a mais de uma década, quando ocorreu a ocupação das instalações de uma fábrica. Escritórios, estacionamento, depósitos, galpões, e até o porão, foram gradativamente convertidos em moradia.

Sem acesso a água, esgoto ou luz, os moradores foram adaptando ligações clandestinas e possibilitando condições indignas de sobrevivência. Esgoto e lixo transformam as estreitas vielas em cenas de filme de terror que se completam com a inimaginável visão de hordas de crianças brincando descalças numa terra sem lei e sem Estado.


Para além das questões de saúde pública, o comprometimento da segurança das pessoas é evidente. Sem telhados, com colunas deterioradas e expostas as intempéries, rachaduras e infiltrações por todo o lado, não é necessário ter um diploma de engenharia para concluir pela insegurança do local, mas se isso não for suficiente para se chegar a essa conclusão, basta recuperar o registro na defesa civil da queda de uma viga de ferro do telhado de alguns anos atrás, por muito pouco o acidente não matou uma moradora.

Será que a prefeitura ainda não viu isso?


Porque não toma uma providência?


















quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

MOTORISTAS DO TRANSPORTE ALTERNATIVO PROTESTARAM CONTRA EDUARDO PAES

Ontem, motoristas do transporte alternativo fizeram um protesto na Avenida Brasil com o objetivo de promover o diálogo com o prefeito Eduardo Paes.

(Fonte: Jornal Povo do Rio)

GOVERNO PEZÃO FECHARÁ AS FARMÁCIAS POPULARES

A decisão prejudicará milhares de usuários das farmácias populares, os quais terão maior dificuldade para a obtenção dos remédios e fraldas.


(Fonte: Jornal Extra)

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

INDICAÇÃO Nº 4289/2014 - SEGURANÇA NO TRÂNSITO

INDICAÇÃO Nº 4289/2014
SOLICITA INSTALAÇÃO DE RADAR ELETRONICO PERMANENTE PARA CONTROLE DE AVANÇO E VELOCIDADE NO SEMÁFORO NA RUA JOSÉ PERROTA, NA ALTURA DO NÚMERO 31, NO BAIRRO DA CURICICA.
    Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
      Requeiro à Mesa Diretora, na forma regimental, que seja oficiado ao Exmº. Sr. Prefeito, solicitando providências junto á Secretaria Municipal de Transportes – SMTR, no sentido de viabilizar a instalação de radar eletrônico permanente para o controle de avanço e velocidade naRua José Perrota, na altura do número 31, no Bairro da Curicica.
      A Indicação se justifica e se aplica pelo fato de que a via possui alto movimento de veículos e pessoas, inclusive com grande circulação de crianças eis que no local há o seguinte estabelecimento: Escola Municipal Silveira Sampaio.
      Desta forma, o atendimento a essa solicitação é de suma importância para integridade física e o bem-estar geral dos moradores, motoristas, pedestres, visitantes e população local.
      Plenário Teotônio Villela, 25 de novembro de 2014.


      Vereador Márcio Garcia
      Líder do PR

    PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 12/2013 - LIBERDADE DE EXPRESSÃO DOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA



    PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 12/2013
        EMENTA:
        ACRESCENTA UM INCISO AO ART. 177 DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO.



    Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA



    A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

    APROVA:
      Art. 1º O art. 177 da Lei Orgânica do Município passa a vigorar acrescido do inciso:

      .... – o exercício do direito de opinião e a liberdade de expressão, especialmente por meio da Internet, blogs, sites e fóruns de discussão." (NR).

      Art. 2º Esta Emenda à Lei Orgânica entra em vigor na data de sua publicação.

      Plenário Teotônio Villela, 12 de dezembro de 2013.



      Vereador MARCIO GARCIA
      Líder do PR



      Com apoio dos Senhores Vereadores: Dr. Eduardo Moura; Carlos Bolsonaro; Renato Cinco; Eliseu Kessler; Tio Carlos; Edson Zanata; Leonel Brizola Neto; Dr. Jorge Manaia; Cesar Maia; Jefferson Moura; Paulo Messina; Verônica Costa; Eduardão; Dr. João Ricardo; Paulo Pinheiro e Reimont

    JUSTIFICATIVA

      Com base na vontade popular e agasalhado pela Portaria Interministerial SEDH-MJ nº 2, de 15 de dezembro de 2010, que estabelece as diretrizes nacionais de promoção e defesa dos direitos humanos dos profissionais de segurança pública, é que apresento aos meus pares o presente Projeto de Resolução que visa assegurar os direitos constitucionais e de participação do cidadão.

    TRE-RJ NÃO CASSOU PEZÃO, ALGUÉM FICOU SURPRESO?

    O governador Pezão não foi cassado pelo TRE/RJ, mas a decisão não surpreendeu ninguém, infelizmente.


    (Fonte: O Dia)



    PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 7/2013 - CONTROLE DE PRESENÇA DOS VEREADORES NO RIO



    PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 7/2013
        EMENTA:
        ALTERA E ACRESCENTA PARÁGRAFOS AO ARTIGO 62 DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

    Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA

    A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

    APROVA:
      Art. 1º O § 2º do art. 62 da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro passa a vigorar com a seguinte redação:

      “Art. 62........................”
      ....................................

      “§ 1º............................”
      ....................................

      “§ 2º O vereador que estiver presidindo a sessão, ao iniciar a ordem do dia, deverá solicitar vista ao livro de presença, encerrá-lo e registrar em ata o nome dos vereadores ausentes.” (NR)


      Art. 2º Fica acrescido ao art. 62 da Lei Orgânica do Município os seguintes parágrafos §§§ 3º, 4º e 5º.

      “Art. 62........................”
      ....................................

      “§ 3º Será igualmente considerado ausente o vereador que se abster de votar por três vezes durante uma sessão.”

      “§ 4º O Vereador que estiver presidindo a sessão comunicará o plenário tal fato toda vez que algum vereador alcançar a marca de duas abstenções, ressaltando que a próxima abstenção acarretará falta a sessão.”

      “§ 5º Não se realizando sessão por falta de número legal, será considerado presente o Vereador que assinar o livro de presença até trinta minutos após a hora regimental para inicio da sessão. 


      Art. 3º Esta Emenda à Lei Orgânica entra em vigor na data de sua publicação.
      Plenário Teotônio Villela, 12 de junho de 2013.

      Vereador Marcio Garcia
      Líder do PR

      Com o apoio dos Senhores Vereadores: Junior da Lucinha, Veronica Costa, Dr. Eduardo Moura, Eliomar Coelho, Reimont, Edson Zanata, Cesar Maia, Paulo Messina, Renato Cinco, Rafael Aloisio Freitas, Jefferson Moura, Dr. João Ricardo, Jimmy Pereira, Paulo Pinheiro, Tio Carlos, Leonel Brizola Neto, Zico e Teresa Bergher.


    JUSTIFICATIVA

    Justificativa

      Esta Emenda à Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro tem por finalidade proporcionar maior transparência do Poder Legislativo para o cidadão-contribuinte, que por meio do seu voto, constituiu seus representantes em favor dos interesses de nossa população, motivo pelo qual, se faz necessário a publicidade da presença dos vereadores que participarem ativamente das atividades do Plenário.

    segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

    INDICAÇÃO Nº 4290/2014 - AUMENTO DE COLETIVOS NAS LINHAS 819, 684 E 379



    INDICAÇÃO Nº 4290/2014
    SOLICITA O AUMENTO DAS LINHAS DE ÔNIBUS 819, 684 E 379 TODAS NO BAIRRO DE JARDIM BANGU.
      Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
        Requeiro à Mesa Diretora, na forma regimental, que seja oficiado ao Exmo. Sr. Prefeito, solicitando providências junto a Secretaria Municipal de Transportes – SMTR, no sentido de viabilizar o aumento das linhas de ônibus números 819 (Viação Andorinha - Jardim Bangu x Bangu / SV - Jardim Bangu x Bangu Via Catiri-Circular), 684 (Viação Andorinha Ltda. - Padre Miguel x Méier) e 379 (Auto Viação Bangu - Catiri x Tiradentes (seletiva) / SV - Catiri x Tiradentes (Via Avenida Brasil).

        A presente Indicação se justifica, a pedido dos moradores da região, em razão da falta de transportes no local.

        Desta forma, o atendimento a essa solicitação é de suma importância para integridade física e o bem-estar geral da população local, conferindo-lhes o mínimo de dignidade.
          Plenário Teotônio Villela, 25 de novembro de 2014.

          Vereador Marcio Garcia
          Líder do PR

        INDICAÇÃO Nº 4264/2014 - IMPLANTAÇÃO DE UPA OU CLÍNICA DA FAMÍLIA




        INDICAÇÃO Nº 4264/2014
        SOLICITA PROVIDÊNCIAS NO SENTIDO DE IMPLANTAR UMA UPA 24HS OU CLÍNICA DA FAMÍLIA, NO IMÓVEL ABANDONADO, LOCALIZADO NA RUA FRANCISCA VIDAL, NÚMERO 40, NO BAIRRO DE PILARES.
          Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
            Requeiro à Mesa Diretora, na forma regimental, que seja oficiado ao Exmo. Sr. Prefeito, solicitando providencias junto à Secretaria Municipal de Obras - SMO, no sentindo de verificar a viabilidade de se implantar uma UPA 24h ou Clinica da Família, no imóvel abandonado, localizado na Rua Francisca Vidal, número 40, no bairro de Pilares.

            A Indicação se justifica e se aplica a pedido dos moradores local, visto que a implantação de um dos pedidos acima atenderá, efetivamente, as necessidades de assistência médico-hospitalar da comunidade e adjacências.
            Desta forma, o atendimento a essa solicitação é de suma importância para integridade física e o bem-estar geral dos moradores, visitantes e população local.

              Plenário Teotônio Villela, 12 de novembro de 2014.

              Vereador Marcio Garcia
              Líder do PR

            REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES Nº 1010/2014 - AQUISIÇÃO DE TECNOLOGIA NÃO LETAL

            REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES Nº 1010/2014

                EMENTA:
                REQUER A SECRETARIA MUNICIPAL DE ORDEM PÚBLICA – SEOP - INFORMAÇÕES ACERCA DE PROJETO DE AQUISIÇÃO DE TECNOLOGIA NÃO LETAL COM RECURSOS DO PRONASCI.
            Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
              REQUEIRO à Mesa Diretora, na forma do Regimento Interno, que seja expedido ofício a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) para que preste informações, tendo em vista a publicação no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro do dia 24 de fevereiro de 2014, página 30, a saber:

              CONSIDERANDO a ação de nº 3014 (modernização e capacitação – PRONASCI), do tipo “Projeto”, Produto 4331, prevê a utilização de recursos de convênio com o Governo Federal através do Programa Nacional de Segurança Pública para adquirir equipamento denominado de “tecnologia não letal”, precisamente em 23.041 (vinte e três mil e quarenta e uma) unidades, sem, contudo prestar maiores informações. Diante da referida publicação, requeiro as seguintes informações:

              1 – As 23.041 (vinte e três mil e quarenta e uma) unidades se referem a um só item? Qual ou quais? 

              2 - Quais as quantidades de cada item e especificações básicas do fabricante para cada produto? 

              3 - Quais (ou qual) são os fabricantes de cada item?

              4 – Qual (ou quais) são os fornecedores de cada item?

              5 – Por qual valor cada item foi adquirido?

              6 – Os itens já foram distribuídos para a Guarda Municipal? Quando? Quem os recebeu? Em caso de não terem sido entregues, qual a previsão? Para qual local serão armazenados antes da distribuição?

              Na oportunidade, agradecemos desde já, reiterando protestos de estima e consideração.
              Plenário Teotônio Villela, 29 de maio de 214.


              Vereador MARCIO GARCIA
              Líder do PR

            EDUARDO PAES RECEBE VERBA MAS NÃO CONSTRÓI CRECHES

            A prefeitura do Rio de Janeiro recebeu 8 milhões do governo federal para construir creches mas até a presente data não construiu nenhuma, conforme o noticiado pleo Jornal O Dia.

            (Fonte: Jornal O Dia)

            domingo, 30 de novembro de 2014

            INDICAÇÃO Nº 4039/2014 - MANUTENÇÃO DE CANTEIROS



            INDICAÇÃO Nº 4039/2014
            REALIZAR MANUTENÇÃO E O REPLANTIO DE MUDAS DO CANTEIRO DE VEGETAÇÃO, LOCALIZADOS AO LONGO DA RUA MARIA DO CARMO CASTRO, NO BAIRRO DE CAMPO GRANDE.
              Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
                Requeiro à Mesa Diretora, na forma regimental, que seja oficiado ao Exmo. Sr. Prefeito, solicitando providências junto às secretarias competentes, no sentido de viabilizar a manutenção e o replantio de mudas do canteiro de vegetação, localizados ao longo da Rua Maria do Carmo Castro, no Bairro de Campo Grande.

                A Indicação se justifica e se aplica a pedido dos moradores local, tendo em vista a ausência de plantas nos canteiros.

                Plenário Teotônio Villela, 24 de setembro de 2014.



                Vereador Marcio Garcia
                Líder do PR

              INDICAÇÃO Nº 4255/2014 - IMPLANTAÇÃO DE CANTEIRO CENTRAL



              INDICAÇÃO Nº 4255/2014
              SOLICITA PROVIDÊNCIAS NO SENTIDO DE IMPLANTAR CANTEIRO CENTRAL NAS RUAS FRANCISCA VIDAL COM GLAZIOU, AMBAS LOCALIZADAS NO BAIRRO DE PILARES.
                Autor(es): VEREADOR MARCIO GARCIA
                  Requeiro à Mesa Diretora, na forma regimental, que seja oficiado ao Exmo. Sr. Prefeito, solicitando providencias junto à Secretaria Municipal de Obras - SMO, no sentindo de verificar a viabilidade de se implantar um Canteiro Central, nas Ruas Francisca Vidal com Glaziou, ambas no bairro de Pilares.

                  A Indicação se justifica e se aplica a pedido dos moradores, tendo em vista a necessidade de se evitar a ocorrência de tantos acidentes, decorrentes de manobras no local. 

                  Desta forma, o atendimento a essa solicitação é de suma importância para integridade física e o bem-estar geral dos moradores, visitantes e população local.


                  Plenário Teotônio Villela, 12 de novembro de 2014.

                Vereador Marcio Garcia
                Líder do PR