quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

'SOMOS UM RIO", EDUARDO PAES CUMPRIU A PROMESSA



Sem dúvida: Somos um Rio!
A população do estado do Rio de Janeiro está sofrendo, mais uma vez, em virtude da combinação de dois fatores: as fortes chuvas  e a incapacidade dos governantes de realizarem as obras preventivas para evitar que o estado vire um rio, literalmente, a cada incidência de temporais. Em artigo anterior relembramos algumas tragédias que foram resultado da combinação desses dois fatores (Leia). 
No caso do município do Rio de Janeiro, o prefeito transformou em realidade o slogan de sua campanha  eleitoral: "Somos um Rio".
Os alagamentos estão espalhados pela cidade maravilhosa, parece que só a Zona Sul foi poupada. O que não é novidade na nossa cidade partida, dividida por túneis, que parecem túneis do tempo considerando a diferença na infra-estrutura existente, em razão da diferença de investimentos entre os bairros da cidade. 
O pior é que gastamos milhões e milhões de dinheiro público, ao longo de anos e anos, porém os resultados não surgem em termos de melhoria na qualidade de vida da população.
Dias atrás o prefeito Eduardo Paes (PMDB) implodiu a Perimetral, uma obra antiga, mas que funcionava atendendo a população. Para amenizar os transtornos que criou no trânsito com tal destruição, construiu uma alternativa, a Via Binário, que está completamente alagada, virou um rio. Ouvido, o prefeito declarou que os alagamentos continuarão até 2016, ou seja, a população que dê seu jeito e procure outro caminho sempre que chover forte.
Lembro que se passaram cinco anos da gestão Eduardo Paes, não foram cinco dias. As desculpas baseadas em jogar a culpa no passado não valem mais, como a situação da Via Binário comprova. A obra foi planejada e construída na sua gestão e não funciona.
Por enquanto, o prefeito mostrou que somos um rio, um rio que invade toda a cidade, destruindo o patrimônio da população mais carente, a qual tem seus imóveis danificados e perde todos os seus móveis, isso quando não perde a vida.
Nessa quarta-feira, aqui e ali, moradores se organizaram e fecharam ruas como forma de protesto, algo que está ficando cada vez mais frequente no Rio.
A paciência da população está se esgotando.
Deus abençoe os Bombeiros Militares que estão preservando patrimônios e salvando vidas, sem eles a população sofreria muito mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário