quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

RIO DE JANEIRO: A POPULAÇÃO PERDEU A PACIÊNCIA COM DESCASO GOVERNAMENTAL


A chuva é um fenômeno natural, seus efeitos precisam ser previstos no planejamento de obras.
A população fluminense não aguenta mais a falta de governo, não suporta mais tanto sofrimento e começa a protestar nas ruas. 
Ontem, moradores de Queimados bloquearam a Via Dutra, a mais importante ligação entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, em virtude do alagamento de várias casas nas proximidades da via. 
A paciência parece ter chegado ao limite, a população não aceita mais desculpas e nem promessas. Os problemas precisam ser solucionados e isso começa pelo adequado planejamento das obras. 
No Rio, parece que os governantes fluminenses não sabem que chove no Rio de Janeiro e realizam obras sem a previsão dos efeitos das chuvas. Ontem, a Via Binário, inaugurada dias atrás por Eduardo Paes, virou um rio, porque foi inaugurada sem as obras necessárias para evitar essa situação, algo que só será resolvido em 2016, segundo o prefeito Eduardo Paes. Um desrespeito.
A população perdeu a paciência, quer ser o centro das preocupações no planejamento de cada obra que se pretenda realizar no Rio de Janeiro, quer seus direitos respeitados.
Leia a matéria sobre o protesto:

JORNAL DO BRASIL
Protestos agravaram caos na Via Dutra nesta quarta-feira 
Congestionamentos chegaram a 18 km 
A interdição da Rodovia Presidente Dutra, nos dois sentidos, causada por protestos de cerca de 500 moradores do Bairro Santa Rosa, em Queimados, na Baixada Fluminense, terminou por volta das 17h desta quarta-feira (11). Após conversa com o prefeito Max Lemos, os manifestantes resolveram acabar com o bloqueio, que gerou um congestionamento de mais de 18 km. As reclamações eram contra uma obra da concessionária Nova Dutra, que causou alagamentos em várias casas próximas ao local (Leia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário