domingo, 22 de dezembro de 2013

A LOUCA MATEMÁTICA DA SEGURANÇA PÚBLICA NO RIO DE JANEIRO



A cabeça do cidadão fluminense fica confusa diante da divulgação dos dados relativos a prática de ilícitos criminais no estado do Rio de Janeiro. Os resultados exibidos parecem ser exibidos ao gosto do freguês pela imprensa, mas nesse caso o freguês é o governo estadual e não os destinatário da segurança pública: o cidadão.
Em alguns momentos a imprensa compara ano com ano, mas também compara mês do ano atual com mês do ano passado e, finalmente compara a situação no ano com o mesmo período do ano anterior.
Eu sou favorável a exibição das estatísticas, informar à população é indispensável, mas deve existir um critério de modo a que todas as formas de avaliar sejam apresentadas em conjunto, isso para não gerar confusão.
Pego as estatísticas dos homicídios no estado do Rio de Janeiro, como exemplo.
No dia 20, portanto, dias atrás, divulgaram que os homicídios diminuíram 35,4% no estado.
Hoje divulgaram que os homicídios aumentaram 15% no estado.
O cidadão que não tem tempo de ler os artigos, em face da velocidade imposta pela vida e que acaba lendo apenas as manchetes, acaba ficando desinformado, não sabe qual é a verdade.
O site G1 divulgou que no período de 10 anos os homicídios diminuíram 35,4 no Rio..
O Jornal Extra divulgou que comparando o período de janeiro a setembro de 2012 com igual período desse anos, os homicídios aumentaram 15%.
É preciso organizar para informar adequadamente a população, considerando que o período citado pelo Site G1 (diminuição) alcança período anterior ao governo Sérgio Cabral, enquanto o período citado pelo Jornal Extra (aumento) é exclusivo do governo Sérgio Cabral.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário