sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Jornal O Dia - 14/11/2013 - MILITARES NO FACEBOOK

Militares no Facebook: Debate sobre direito de opinião esquenta

Comissão pretende rever regulamentos disciplinares para PMs e bombeiros



O DIA
Rio - O debate sobre o direito de opinião e livre manifestação de militares nas redes sociais, como Facebook e Twitter, esquentou nesta quarta-feira na reunião da Comissão da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que pretende rever os regulamentos disciplinares para PMs e bombeiros. Um deles é o término da prisão administrativa.
Durante a discussão ficou claro o quanto o tema divide as corporações. Houve até soco na mesa e ameaças declaradas de processos entre oficiais e praças participantes.O objetivo do trabalho é encontrar um caminho que garanta aos militares liberdade de expressão, como qualquer cidadão, inclusive sobre política.
O maior problema, no entanto, é estabelecer limites entre opinar e ofender, o que pode configurar crimes de calúnia, injúria e difamação. Haverá ainda discussão sobre o fim das prisões disciplinares. O debate poderá ser dividido em duas etapas para evitar o confronto entre praças e oficiais.


Comentário: O debate não é entre praças e oficiais. O debate é entre quem aplica o regulamento disciplinar e o que sofre a aplicação, justas ou injustas, legais e ilegais, morais e imorais, lícitas e ilícitas, neles e em nós. 

ASSIM SE DÁ O DEBATE, COM OFICIAIS DE UM LADO E OFICIAIS E PRAÇAS DO OUTRO.





Nenhum comentário:

Postar um comentário