O prefeito implacável corta o ponto dos professores

E humilha mais aqueles que ensinam nossos filhos




Os professores reivindicam e todos os profissionais da educação  também reivindicam. Mas o prefeito é implacável. Cumprirá a lei. Vai cortar o ponto de todos que não trabalharam. O prefeito cumpre com seu dever, corta o ponto e humilha mais aqueles que têm o sacerdócio de ensinar aos nossos filhos e, melhor, aos filhos dos mais pobres que não podem pagar uma escola particular.

O prefeito é implacável. Isso não acontece com seus filhos e muito menos com os filhos de quem trabalha com ele, porque nenhum deve estar matriculado numa escola pública. Pobre dos filhos dos professores que terão seus pontos cortados. Imaginem a raiva desses filhos. Filhos de professores com ponto cortado, sem proventos para educá-los como os filhos do prefeito e de seus asseclas porque, certamente, nenhum deles estuda em escola pública.

Feliz mesmo é o governador que deve ter faltado ao trabalho por mais de 60 dias. Além de não ter o ponto cortado, ainda deve ter recebido diárias como se estivesse trabalhando. 

 Fonte: JB