Eduardo Paes não dá aumento aos professores

Mas contrata empresa por R$ 9,4 milhões para corrigir provas






Depois de ter declarado que pagaria qualquer quantia para o cineasta americano Woody Allen filmar no Rio, enquanto os salários dos professores estão defasados, o prefeito Eduardo Paes volta a surpreender ao contratar uma empresa – Consulplan Consultoria e Planejamento em Administração – por R$ 9,4 milhões para correção de provas dos alunos da rede municipal de ensino.

A Secretaria Municipal de Educação esclareceu que a contratação da empresa será para elaboração, impressão, distribuição, aplicação e correção de provas aos alunos. A prestação do serviço, segundo o órgão, permitirá o acompanhamento do aprendizado visando o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação no Rio (IDE-Rio), que serve de base para as metas do pagamento do Prêmio Anual de Desempenho, que é concedido pelo governo federal.

Enquanto isso, os professores do município - para quem os cofres da prefeitura não se abrem com tanta generosidade - ganham entre R$ 890,22 e R$ 1.112,79 mensais (hora/aula de R$ 9,89), e a prefeitura acena com reajuste de míseros 7,35%, enquanto a categoria pede 19%. 

Fonte: JB

Uma vergonha!!! O prefeito não está nem aí mesmo para os professores da nossa cidade. 
Não valorizando estes profissionais fundamentais para a formação dos cidadãos da sociedade, Paes vai contribuindo sordidamente para o acúmulo das mazelas do nosso povo, que privado de condições salubres no ambiente educacional ao qual está inserido, recebe uma educação raquítica, que pouco contribui para o seu crescimento, diminuindo suas oportunidades e mantendo intacto o enorme e escuso abismo, entre o povo injustiçado e a cúpula sobejada.
Cuidar dos nossos mestres é cuidar do nosso povo!

Comentários