COMISSÃO ESPECIAL INVESTIGARÁ AÇÃO DE GRUPOS DE VÂNDALOS



RIO - Mais de um mês depois do início de uma onda de protestos no Rio, que culminou num quebra-quebra no Leblon e em Ipanema, na noite de quarta-feira, uma comissão especial será criada para investigar a ação de vândalos que têm se infiltrado nas manifestações. O anúncio foi feito pelo procurador-geral de Justiça, Marfan Vieira. Segundo ele, o grupo será formado por representantes do Ministério Público e das polícias Civil e Militar, ligados diretamente ao gabinete do governador Sérgio Cabral. O foco será identificar os suspeitos de incitar depredações e estabelecer a relação entre os grupos responsáveis pelo vandalismo. Eles serão indiciados por formação de quadrilha, crime mais grave e inafiançável, evitando o atual “prende e solta”.

Fonte: O Globo


Sem dúvida temos ali pessoas infiltradas para tumultuar os atos democráticos de protestos contra toda a sujeira ainda escondida ou não resolvida. Essa é uma questão que exige muitas respostas: quem são estas pessoas, o perfil, o objetivo do comportamento agressivo e principalmente se têm alguma relação escusa com alguém interessado em deslegitimar a ação histórica democrática popular.
A investigação contará com um grupo ligado diretamente ao gabinete do Governador. E a pergunta final é: saberemos mesmo de toda a verdade?

Comentários

Postagens mais visitadas