Cabral diz que não sabia de policiais infiltrados em manifestações no Rio




O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse, na manhã desta quinta-feira (25), que não sabia que havia policiais infiltrados nas manifestações realizadas no Rio. Segundo ele, são detalhes técnicos que ficam a cargo da equipe de segurança.
"Durante sete anos eu governei o estado e melhoramos os índices criminais do estado, reduzindo o índice de homicídio, reduzindo o índice de latrocínio, reduzindo o índice de roubos de automóveis e residências, sempre respeitando a política de segurança. A política de segurança tem comandante e chama-se José Mariano Beltrame e é sob o seu comando que eu delego todas as ações", afirmou Cabral.

Fonte: G1

SE CABRAL SOUBESSE QUE A POPULAÇÃO NOS APOIARIA, DEPOIS DE OCUPARMOS O QUARTEL CENTRAL, NAQUELE DIA HISTÓRICO PARA TODOS NÓS, PROVAVELMENTE TAMBÉM AFIRMARIA NÃO TER CONHECIMENTO DA ORDEM, QUE PROVOCOU A ENTRADA DO BOPE NO CASARÃO VERMELHO, PARA ATACAR COVARDEMENTE CRIANÇAS, MULHERES E PAIS DE FAMÍLIA, QUE APENAS LUTAVAM POR DIGNIDADE.

Comentários

  1. OS COMANDANTES SÃO ESPELHO DO GOVERNADOR.NA ESCOLA DE BOMBEIROS,EM GUADALUPE,O SR.CORONEL LUCENTE,DEU UMA ORDEM PARA A GUARDA VOLTAR A UTILIZAR O VELHO FUZIL MAUZE DE 1908.O DETALHE É QUE NENHUM BOMBEIRO DAQUELA UNIDADE,FEZ TREINAMENTO PRÁTICO DE TIRO DURANTE SEU CURSO DE FORMAÇÃO E O PORTÃO DA UNIDADE,DESDE QUE FOI INSTALADO NÃO FUNCIONA, POR ISSO,NÃO PODE SER FECHADO,PONDO EM RISCO A VIDA DOS MILITARES QUE CONCORREM AO SERVIÇO DE GUARDA POIS A EST.DO CAMBOATÁ É VIA DE PASSAGEM DE MARGINAIS DAS FAVELAS PRÓXIMAS E QUANDO ELES SOUBEREM QUE NA GUARDA EXISTEM TAIS ARMAMENTOS,COM CERTEZA HAVERÁ CONFRONTO.TOMARA QUE O CORONEL REPENSE SUA DECISÃO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário