quarta-feira, 5 de junho de 2013

O soco e o silêncio de Eduardo Paes


O prefeito Eduardo Paes, mostrou, no fim do mês passado, que não costuma aceitar sem qualquer reação acusações a sua pessoa. Enquanto jantava num restaurante japonês, na Zona Sul do Rio, no dia 25 de maio, Paes foi surpreendido por um rapaz que o atacou verbalmente, chamando-o de "bosta". O prefeito respondeu com um soco.
Surpreende que, poucos dias depois, no dia 27, o mesmo prefeito não tenha esboçado qualquer reação após a publicação de um texto num blog, intitulado Blog do Paulinho, no qual um médico da Casa de Saúde São José - que assina com o pseudônimo Alessandro Vinovich - faz pesadas acusações à prefeitura. De acordo com o texto, o namorado da sobrinha de Eduardo Paes, Ricardo Costa Martins, teria, durante uma confraternização num clube carioca, revelado supostas manobras da prefeitura para favorecer a Rede Globo em transações envolvendo patrocinadores, o Botafogo e o Engenhão. Segundo o texto, a Globo teria cobrado providências e, pouco tempo depois, o Engenhão foi interditado por determinação da prefeitura. De acordo com o texto, Martins estaria sob efeito de álcool quando falou sobre o assunto, e teria sido repreendido por Guilherme Paes, irmão do prefeito.
As acusações foram negadas pelo Botafogo. O diretor executivo da Rede Globo, Marcelo de Campos Pinto, de quem Ricardo Costa Martins seria enteado, divulgou nota no próprio blog negando o parentesco. Por sua vez, a prefeitura não se pronunciou sobre as supostas acusações.
Ao ser chamado de "bosta", Eduardo Paes responde com um soco. Ao ser acusado em um blog de favorecer a Rede Globo em transações com patrocinadores envolvendo o futebol, o prefeito e a prefeitura surpreendentemente preferem o silêncio.
Fonte: JB


Passarinho de rabo preso não pode dar uma de pavão! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário