O riso de Cabral enquanto a cidade pega fogo

21/06/2013 22:05

Reprodução de O Dia online
Reprodução de O Dia online


Cabral está refugiado em Mangaratiba, certamente em pânico, com medo do povo. Mas hoje ao falar do que aconteceu ontem no Rio de Janeiro fez questão de se solidarizar com o repórter da Globonews que foi atingido por uma bala de borracha disparada pela PM. Quanto a todas as outras pessoas que protestaram pacificamente, mas foram vítimas da violência policial, nem uma palavra de solidariedade. Nem para as quatro vítimas de tiros de verdade disparados pela PM na protesto da ALERJ, na segunda-feira. Cabral só tem olhos e solidariedade para a Globo. É deprimente. Continua ignorando a população. Mas as pessoas não esqueceram dele nos protestos, muito pelo contrário, foi o mais lembrado, inclusive hoje na porta do seu prédio, no Leblon.


Em tempo: Alguém saberia do que Cabral está rindo na coletiva de hoje sobre os protestos? 


E hoje o povo ainda está por lá e prometem ficar. Homens e mulheres de bem a espera da oportunidade de expressar toda a sua revolta contra este governo escuso, que trata o cidadão de bem com deboche e violência.




Comentários

  1. Que todos nós Bombeiros,reflitamos dessa União que se firmou a População Carioca,e lembrem-se do iníco do movimento,onde a esposa do bombeiro militar abortou no quartel central,perdendo seu filho no vaso sanitário do mesmo,e várias mães de bombeiros vieram a falecer quando viram seus filhos nessa luta linda,e não tem dinheiro ou poder que pague a DIGNIDADE E INTEGRIDADE de qualquer ser humano,pedimos aos amigos UNIÃO,é o que está fazendo os estudantes,o movimento passe livre e a população carioca que cansou dos desmandos e da falta de saúde,educação e segurança pública,pilar mais importante de um legado,JUNTOS SOMOS FORTES E UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS.

    ResponderExcluir

Postar um comentário