A ditadura escancarada de Sérgio Cabral


PM investe com violência contra manifestantes (Fotos da Agência Globo)
PM investe com violência contra manifestantes (Fotos da Agência Globo)


Revoltante o que aconteceu ontem no início da noite na Central do Brasil. Uma manifestação pacífica que reuniu 200 pessoas para protestarem contra o aumento das passagens de ônibus foi reprimida violentamente pela tropa de choque da PM com bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e cassetetes. Várias pessoas foram presas e algumas ficaram feridas com tiros de bala de borracha.

É assim que o ditadorzinho Sérgio Cabral age contra o povo. Somente nas ditaduras é que o governo impede manifestações contra aumentos de preços. Mas o Rio de Janeiro vive um regime de exceção, uma ditadura disfarçada com a ajuda da mídia.

A foto da Agência Globo onde três brutamontes do Batalhão de Choque levam presa uma senhora baixinha que vendia balas na Central é o retrato fiel da violência que Cabral desencadeou ontem.

O jornal O Globo para jogar os leitores contra os manifestantes publica na primeira página uma enorme foto com barricadas e fogo, mas isso aconteceu em São Paulo. No Rio de Janeiro não houve qualquer ato desse tipo, foi um protesto ordeiro. Mas o jornalismo marrom do Globo manipula mais uma vez os fatos para tentar convencer as pessoas que o protesto do Rio foi uma baderna.


Em tempo: Peço licença ao jornalista Elio Gaspari, autor do livro "A ditadura escancarada", um dos volumes em que brilhantemente dissecou a ditadura militar, mas é a manchete mais apropriada para o que aconteceu ontem no Rio de Janeiro. 

Comentários

Postagens mais visitadas