sexta-feira, 31 de maio de 2013

Jornal inglês ataca Maracanã e vê Brasil "amaldiçoado por corrupção"

Justiça suspendeu amistoso de domingo, marcado para o Maracanã


O risco de suspensão do amistoso Brasil x Inglaterra, marcado para a tarde de domingo, foi bastante criticado pelo jornal inglês The Guardian. Em artigo publicado nesta quinta-feira em seu site, o diário não teve pudor de criticar os gastos e os atrasos nas obras para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, citando que o País convive com uma das piores corrupções e burocracias do planeta.
O jogo entre Brasil e Inglaterra havia sido suspenso pela Justiça na tarde desta quinta, após concessão de liminar da juíza Adriana Costa dos Santos, da 13ª Vara de Fazenda da Capital. A magistrada acatou o pedido feito pelo Ministério Público, que salientava o fato de o Maracanã não oferecer segurança para os torcedores que forem ao estádio. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o governo do Rio de Janeiro recorreram da decisão e a juíza revogou a liminar.
No entanto, o The Guardian não economizou nas críticas. "O País está humilhado e frustrado com os gastos excessivos e os atrasos que atormentam a realização da Copa de 2014", mencionou o jornal, relembrando que o Maracanã passou três anos em reformas, que custaram cerca de R$ 1 bilhão.
saiba mais
Justiça revoga liminar e libera Maracanã para Brasil x Inglaterra
Maracanã inicia semana de reabertura com área externa ainda em obras
"O Maracanã passou por luxuosas reformas, sugando quase R$ 2 bilhões dos cofres públicos e passando a impressão de que a nação abençoada com o mais vitorioso futebol está também amaldiçoada por uma das piores corrupções e burocracias", atacou o Guardian. Vale lembrar que o estádio carioca também passou por obras para receber os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007 – há seis anos, foram gastos cerca de R$ 300 milhões (valor da época, sem levar em consideração a inflação do período).
O jornal inglês ainda ressalta o fato de o Maracanã ter sido reinaugurado há apenas um mês, sendo que o prazo inicial era de que os reparos fossem concluídos em dezembro do ano passado. Na verdade, embora já tenha sido reaberto, o estádio sequer está 100% concluído e voltará a entrar em obras ao final da Copa das Confederações.
"Os problemas com o Maracanã são sintomas de uma causa mais ampla da preocupação sobre a realização da Copa no Brasil", cita o Guardian, que lembrou, ao longo do artigo, problemas e divergências que aconteceram em outras sedes para o torneio do ano que vem, como Salvador, Porto Alegre e São Paulo.

Fonte: Terra Esportes 


A opinião pública mundial já começa a se manifestar contra toda a sujeira que há por aqui. Realmente é humilhante para todos nós brasileiros a patente incompetência, principalmente do governo do nosso Estado, refletida no atraso das obras do maracanã. Chama também a atenção do mundo as poças de lama de corrupção, encontradas no entorno das relações escusas entre governo, empresas privadas, dentre outras possibilidades de depravações.Quem saberá? Quase 2 bilhões de reais já se foram, nosso dinheiro, nossa saúde, educação, dignidade, esvaindo-se pelos ralos dos canteiros de obra do Maracanã.
O MP vem tentando fazer a sua parte, mas não tem prevalecido diante de uma máquina tão poderosa quanto o Governo do Estado do Rio de Janeiro. Mais uma liminar caçada, mais uma derrota da Justiça.
Oremos a Deus para que nosso prejuízo e humilhação não sejam ainda maiores.


6 comentários:

  1. Valdelei Duarte.31 de maio de 2013 07:16

    Infelizmente não valeu o esforço dessa magistrada, o governo recorreu com a liminar e conseguiu liberar a partida. E o pior que no jogo vai estar lotado de torcedores alheios, ou até mesmo passivos e omissos a tudo de errado que vem acontecendo no País.
    Brazil, País do futebol, e quem criou as regras do futebol foram os Ingleses, talvez por isso eles criticam as regras aqui no Brasil, e a reforma do maracanã fica aqui registrada a minha opinião para avaliação dos torcedores do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo comentário.

      Excluir
  2. Vergonha mundial,a alegria de ser Brasileiro acabou faz tempo.

    ResponderExcluir
  3. Sr. comandante geral do CBMERJ.....por favor aumente as vagas do CFC CFS 2013....pelo menos triplique....ajude os bombeiros a ganhar um trocadinho a mais.....obrigado....

    ResponderExcluir
  4. Por isso não podemos misturar religião,seja lá qual for com negócios ou lutas,porque existem sempre aqueles que se malandros,usam os que realmente estão lutando por dignidade e no final se faz ver a mesma vergonha deixando ver que personalidade,confiabilidade,dignidade e outros atributos que regem na carta magna de nosso Senhor Jesus Cristo,muitas das vezes usamos o nome do mesmo em vão,para se favorecer e enganar vários homens determinados por vitória,seja lá qual mentira ou o que vier a ser escondido um dia será descoberto e envergonhará aqueles que fazem parte dessas imundices,enganar seus semelhantes,PIOR SÃO OS QUE ENGANAM A SI PRÓPRIO,indo na casa do senhor pregar falácias.JUNTOS SOMOS FORTES.Que essa lição do movimento sirva para todos nós CRISTÃOS,NÃO USEMOS O NOME DO SENHOR EM VÃO,pois assim nossos ingressos já estarão certos para a casa do capiroto.

    ResponderExcluir
  5. Vergonha também de alguns BOMBEIROS MILITARES,pois fizeram igual a cúpula do cbmerj,e agora estamos combatendo mais uma ditadura, a de grupinhos formados,e pior ainda como CRISTÃOS que somos usando a palavra de DEUS EM VÃO,"ISTO É UMA VERGONHA"Não copiem maus exemplos pois o nome do CBMERJ,está sendo jogado na lata de lixo,É ISSO!!!QUE OS SENHORES QUEREM.É ISSO!!!O DINHEIRO,O PODER,O GENERAL EGO,A VAIDADE,E O INTERESSE PESSOAL,FALOU MAIS ALTO,ISTO É UMA VERGONHA,SE POSSÍVEL NACIONAL.JUNTOS SOMOS FORTES A CAUSA E A ESSÊNCIA NÃO DEIXARÁ SUJAREM A IMAGEM DO CBMERJ,seja lá quem for.

    ResponderExcluir