quarta-feira, 13 de março de 2013

Nesta quarta-feira (13), será votado projeto para tombar a Aldeia Maracanã



Índios da Aldeia Maracanã não chegam a acordo com secretaria estadual


Jornal do BrasilLuciano Pádua


Os índios da Aldeia Maracanã e os representantes da Secretaria de Estado de de Assistência Social e Direitos Humanos não chegaram a um acordo nesta terça-feira (12) sobre a divisão do prédio do antigo Museu do Índio, no Maracanã, entre os indígenas e o Museu do Comitê Olímpico Brasil anunciado pelo governo fluminense. Uma reunião já havia ocorrido na última quinta-feira (7), quando também não houve consenso. 
Em nota sobre o encontro da semana passada, a secretaria informou que não apresentou proposta sobre a divisão do prédio entre os indígenas e o Museu do Comitê Olímpico Brasileiro. Segundo o órgão foram discutidos locais alternativos para os índios. "A saída dos índios é imprescindível para as obras do entorno do Maracanã", diz trecho da nota. 
A Aldeia Maracanã funciona no local desde 2006 e cerca de 50 pessoas vivem ali, número que é flutuante devido à chegada de indígenas vindo de outras localidades do país. do  afirma que, em reunião com os índios que ocupam o imóvel ao lado do estádio do Maracanã na última quinta-feira, não apresentou proposta sobre a divisão do prédio entre os indígenas e o Museu do Comitê Olímpico Brasileiro.
Nesta quarta-feira (13), será votado na Câmara dos Vereadores o Projeto de Lei 1536/2012 sobre o tombamento da Aldeia Maracanã como centro cultural indígena no local onde já está. 
Fonte: JB
ESTAMOS JUNTOS COM OS ÍNDIOS NESTA LUTA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário