quarta-feira, 6 de março de 2013

Discurso na tribuna em defesa dos interesses dos Guardas Municipais

6 comentários:

  1. Falou Tudo MajBM e Vereador! Lembro Que OS BM eram Comandados por um Cel dO Exército, da onde até o regulamento, os Manuais, eram de la ExB! Nós conquistamos a Independência o Comando Próprio, à Excelência e ágora o ExB recorre A Nossa Experiência reconhecendo, numa Confiança mutua!

    ResponderExcluir
  2. ESSE É O PAPEL DO PARLAMENTAR,COLHER INFORMAÇÕES DIGNAS E FALAR A ALTURA DE UMA PESSOA BEM POSTADA E FOCADA NA DIGNIDADE DE TODOS INDEPENDENTE DE QUAL TRABALHADOR E QUAL ÁREA FOR.PARABÉNS VEREADOR MÁRCIO GARCIA.TENS UM EXÉRCITO DE HOMENS DIGNOS EM SUA COBERTURA.

    ResponderExcluir
  3. OBRIGADO VEREADOR POR APOIAR A LUTA DOS GUADAS MUNICIPAIS!

    ResponderExcluir
  4. Caro Vereador, esses cargos serão ocupados por alguns funcionário que já estão da Instituição a mais de 16 anos, e tem o conhecimento da administração da mesma, e poderão ocupar também esses cargos os Guardas Municipais, como e ocupado hoje, pois temos muitos Guardas Municipais ocupando cargos comissionados (DAS), gerentes, coordenadores, assessores de integração operacional e outros. Muitos GM lhe procuram , nobre Vereador, pois não estão satisfeitos com nada, sempre falta algo, o presidente do Movimentos deles (Movimento Tropa Unida) e um que ocupa cargo comissionado de Gerente, entre outros GM. O Plano de Cargos e salários e uma realidade da GM, pois isso eu apoio, os GM tem que ter um plano eficiente, mais muitos que estão reclamando com o senhor, que são GM1, muitos estavãop a disposição de outros Órgãos, adidos ou baixados pelo INSS e por esse motivo não tiveram o devido enquadramento.
    Cabe lembrar ainda que a respeito ao Comando da Guarda, concordo que deve ser assumido por um Guarda, porém não é uma luta para agora, pois a Policia Militar do Rio de Janeiro, em sua criação e desenvolvimento fora Comandada por um Oficial do Exército, assim como o Corpo de Bombeiros, a nossa Guarda esta amadurecendo nobre Vereador e tudo isso faz parte da mudança. Solicito que o Senhor olhe com outros olhos a situação dos contratados, pois também somos pais e mães de familia, muitos com 17 anos de instuição. Forte abraço. tuxars@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Cade o meu comentário?

    ResponderExcluir