Refeitório do Quartel Central dos Bombeiros está interditado!?!



Segundo informações que circulam na internet o refeitório do quartel central foi interditado por conta do risco de contaminação com hepatite A.
É isso mesmo? 
Enquanto apuramos o que realmente está acontecendo no nosso quartel central, vamos entender mais sobre a Hepatite A.
"O vírus da hepatite A é encontrado principalmente nas fezes e no sangue de uma pessoa infectada, cerca de 15 a 45 dias antes de os sintomas aparecerem e durante a primeira semana da hepatite A.
Pode-se contrair hepatite A se:
  • Comer ou beber água contaminada por fezes que contenham o vírus da hepatite A (frutas, verduras, frutos do mar, gelo e água são fontes comuns do vírus da hepatite A)
  • Mantiver contato com as fezes ou o sangue de uma pessoa que tenha hepatite A
  • Uma pessoa contaminada não lavar as mãos adequadamente após ir ao banheiro e tocar outros objetos ou alimentos
  • Participar de práticas sexuais que envolvam contato oral-anal
Cerca de 3.600 casos de hepatite A são relatados a cada ano nos Estados Unidos. Como nem todas as pessoas com hepatite A apresentam sintomas, o número de pessoas infectadas é bem maior do que mostram os registros ou diagnósticos.
Os fatores de risco da hepatite A incluem:
  • Viagens internacionais, especialmente para a Ásia, América do Sul ou América Central
  • Uso de drogas injetáveis
  • Morar em uma casa de repouso ou clínica de reabilitação
  • Trabalhar na área da saúde, alimentação ou saneamento básico
Outras infecções comuns pelo vírus da hepatite incluem hepatite B e hepatite C. A hepatite A é a forma menos grave e mais suave da doença. Outras formas de hepatite podem se tornar doenças crônicas, mas a hepatite A não se torna crônica.

Exames

Os exames de sangue para diagnosticar a hepatite A podem mostrar:
  • Alto nível de anticorpos IgM e IgG para hepatite A (o IgM normalmente é positivo antes do IgG)
  • Níveis elevados de enzimas hepáticas (testes de função hepática), especialmente níveis de enzimas transaminases
O médico realizará um exame físico e verificará se seu fígado está aumentado e sensível."
Fonte: http://www.minhavida.com.br/saude/temas/hepatite-a