Rio -  O número de pessoas detidas por urinar na rua durante a passagem dos blocos de Carnaval do Rio de Janeiro continua a subir e chegou nesta terça-feira a 659, com a detenção de mais 29 foliões no Bloco das Carmelitas, em Santa Teresa, que reuniu 8 mil pessoas nesta manhã. Do total, 57 pessoas detidas durante o período eram mulheres, e 16, estrangeiros.
Fonte: O Dia

Será que se houvesse mais locais apropriados para nossos cidadãos, nossos turistas, realizarem suas necessidades fisiológicas, todas estas pessoas estariam sendo presas por urinar em via pública? Será que o poder público não está tratando pessoas de bem como bandidos? Será que a cidade está mesmo preparada para um evento da magnitude do carnaval? Providências precisam ser tomadas com urgência para que problemas dessa natureza sejam resolvidos, não é prendendo o cidadão de bem que a questão se resolverá. Muita gente para uma infraestrutura insuficiente é a receita perfeita para o caos. E vem aí a copa do mundo, as olimpíadas! como será?