Pular para o conteúdo principal

Extorsão na Novo Rio


Taxistas e motoristas de vans cobram preços abusivos na área de desembarque da rodoviária

Rio -  As mais de 20 mil pessoas que desembarcaram ontem na Rodoviária Novo Rio pagaram caro por passar o Carnaval na Cidade Maravilhosa. Literalmente. Na área destinada ao desembarque, taxistas e motoristas de vans faziam dos seus veículos lotações e estipulavam preços abusivos cobrados por passageiro. Os turistas, que não tinham outra opção, pagavam o que era pedido depois de esperar por uma hora na fila com 200 pessoas.
Foto: Alessandro Costa / Agência O Dia
Foto: Alessandro Costa / Agência O Dia
As corridas para a Zona Sul, que pelo taxímetro custariam, no máximo, R$ 40, saíam a R$ 50 por pessoa, em estilo lotada. Quem só podia usar a van pagava R$ 15. Para a Barra da Tijuca, o preço chegava a estratosféricos R$ 130 por passageiro. “Vou para Vila Isabel com a minha esposa e nos cobraram R$ 80. Ainda dividirei espaço com dois desconhecidos”, contou o engenheiro Marcos, de Ribeirão Preto.
Consultadas, as cooperativas com guichês na Rodoviária, às quais os veículos são conveniados, diziam não se responsabilizar pela prática. “A forma com que a tarifa é cobrada é de responsabilidade do motorista. Mas, se quiser sair daqui, vai ter que acabar cedendo à prática”, declarou a atendente da Novo RioCoop. Mesmo não assumindo a culpa pela extorsão, motoristas uniformizados negociavam preços livremente com quem aguardava na fila.
Em frente ao embarque,onde se posicionava uma viatura da Polícia Militar, motoristas usavam o taxímetro corretamente. Uma multidão se acotovelava por esses poucos veículos.
Entra carnaval, sai carnaval e essa história não muda, a impressão que dá é que os órgãos da prefeitura que são responsáveis por proteger o cidadão destes abusam, entram no clima de festa e povo que se lasque, terra sem lei, e o pobre do turista e até os cariocas sofrem com essa turma que assaltam na mão grande. 
Quando isso vai mudar???

Comentários

Postagens mais visitadas