sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

DENÚNCIA ENVOLVENDO GOVERNO E IMPRENSA


Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


O jornal O Globo tem esta matéria desde a semana passada. Um servidor da secretaria estadual de Assistência Social, que pertence ao PT desde o início do governo Cabral já desviou R$ 1,25 milhão do aluguel social que não chega a muitas famílias vítimas de enchentes. 
A exoneração do servidor aconteceu na quinta-feira passada depois que a assessoria do Palácio Guanabara tomou conhecimento da reportagem e negociou com o jornal O Globo de segurar a matéria até depois do carnaval para dar uma aliviada no governo Cabral. Agora chamam o servidor acusado de desvios de ex, mas só foi exonerado na quinta-feira passada. 
Estranhamente não é informado o nome do acusado. Mas se foi exonerado sumariamente sem inquérito administrativo é porque ocupava cargo de confiança, não era de carreira. Não custa lembrar que no governo Cabral, pela ordem ocuparam a secretaria: Benedita da Silva, Ricardo Henriques, Rodrigo Neves e agora Zaqueu Teixeira, todos do PT. Será que o servidor que desviava a verba do aluguel social é filiado ao partido? E será que era uma iniciativa pessoal ou havia um esquema montado na secretaria de Assistência Social? É isso que todo mundo quer saber. 
E garanto que é mentira o que está no Globo online, que o governo Cabral só descobriu a fraude depois que ele foi exonerado na última quinta-feira. A fraude foi descoberta pelo Globo comunicada à assessoria de Cabral que pediu tempo para montar a operação para parecer que tomou providências antes do fato vazar. 


Não duvidamos nada da existência desta vergonhosa manobra. Corrupção no governo e imprensa de ponta sem credibilidade,  já virou a muito tempo fato corriqueiro. Acreditamos que há muito ainda a ser revelado, como a um mar de lama inexplorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário