'PF não é polícia de governo, é de Estado',

Ele afirmou que não ‘instrumentaliza’ nem ‘perde controle’ da Polícia Federal.
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta terça-feira (4) que a Polícia Federal “nos últimos 10 anos” deixou de ser uma “polícia de governo”, para se tornar uma força do “Estado”.Ele deu a declaração ao falar na Câmara dos Deputados sobre a Operação Porto Seguro, que investiga um esquema de fraudes em pareceres técnicos de órgãos públicos para beneficiar empresas privadas.“Nos últimos 10 anos, a Polícia Federal não é mais uma polícia de governo, é uma polícia de Estado, que atua no cumprimento das ordens e das leis, onde a interferência política ou posição política do ministro da Justiça jamais pode fazer curvar a instituição”, disse Cardozo.A Polícia Federal indiciou 18 pessoas na semana passada na Operação Porto Segura. Entre os suspeitos de participação no esquema estão a ex-chefe do escritório da Presidência em São Paulo, Rosemary Noronha, o ex-advogado-geral adjunto José Weber Holanda, o ex-diretor da Agência Nacional de Águas Paulo Vieira, e o ex-diretor da Agência Nacional de Aviação Civil Rubens Vieira.O ministro afirmou que quando há operações que investigam membros de governos da oposição, ele é acusado de “instrumentalizar” a PF.Cardozo destacou que no caso da Operação Porto Seguro, por envolver diretores de órgãos públicos do atual governo e ex-funcionária de escritório da Presidência, o Ministério da Justiça foi acusado de “perder o controle da PF”.“As operações da PF não são fruto de instrumentalização nem de descontrole. São fruto de uma polícia que se afirma como republicana, cumpre a Constituição e a lei.”  Operação A operação Porto Seguro cumpriu 26 mandados de busca e apreensão em São Paulo e 17 no Distrito Federal em 23 de novembro. Dezoito pessoas foram indiciadaspor suspeita de participação no esquema criminoso, entre elas Rosemary e José Weber Holanda, número dois na hierarquia da Advocacia-Geral da União (AGU).No sábado (24), a presidente Dilma Rousseff determinou a exoneração ou afastamento de todos os servidores envolvidos na operação Porto Seguro, da Polícia Federal.

Fonte: http://m.g1.globo.com/politica/noticia/2012/12/pf-nao-e-policia-de-governo-e-de-estado-diz-cardozo-sobre-operacao.html

Comentário: Eu queria uma operação dessas aqui no rio. Vem para o rio PF!

Comentários

Postagens mais visitadas