Prefeito Eduardo Paes quer aumentar o Iptu.


Gilberto Braga: IPTU polêmico

Rio -  Do ponto de vista político, o provável aumento do IPTU no Rio representa a primeira quebra de palavra do prefeito reeleito, Eduardo Paes, que havia se comprometido em manter o imposto no patamar atual. Do ponto de vista da cidade, representa mais recursospara os cofres, que poderão ser usados em prol da população.O impacto maior, no entanto, será no seu bolso. O aumento do IPTU vem como uma reforma tributária. A alíquota do imposto deve cair de 1,2% para a metade, sendo uma escala de 0,20% até no máximo 0,60%.Como a prefeitura diz que as bases de cálculo sobre o qual o imposto é calculado estão defasadas, é preciso fazer correções. Por isso, o valor venal (base de cálculo) será ajustado em função da valorização imobiliária. Logo, muita gente que não paga passará a pagar, tendo em vista a política de pacificação.Trocando em miúdos, para a maioria da população haverá aumento ou a instituição da obrigatoriedade do IPTU. A prefeitura estima que o imposto nos bairros mais nobres aumentará em até 30%. Parece que, politicamente, o projeto azedou e só será votado em 2013. O que quer dizer que o aumento deverá ficar para os carnês de 2014.