MP diz que não recebeu documentos para investigar Delta


A 5ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital do Rio de Janeiro investiga se houve irregularidades nos contratos firmados entre a prefeitura da cidade e a empresa Delta Construções, nos anos de 2009, 2010 e 2011. No entanto, a promotora de Justiça Patrícia do Couto Villela disse que o inquérito está atrasado, pois seis requisições ministeriais de documentos requisitados não foram enviados. "Para que o Ministério Público possa avaliar se de fato houve irregularidades nos contratos celebrados entre o município do Rio de Janeiro e a Delta Construção, é imperioso ter acesso aos respectivos procedimentos. Por esse motivo, o descumprimento municipal está prejudicando as investigações, que pouco avançaram após a veiculação da matéria jornalística que deu origem ao Inquérito Civil em questão. O depoimento do representante da Delta teve de ser adiado em razão desse descumprimento, que, inclusive, importa em prática de crime", informou a promotora. A investigação foi instaurada após veiculação de reportagens noticiando a possível existência de irregularidades nos contratos, como o desrespeito à obrigação legal de realizar licitação.Execução indevida de contratos
De acordo com Patrícia Villela, os documentos requisitados são indispensáveis à continuidade das investigações. A promotora destacou também que o prazo prescricional está em curso e, caso haja irregularidade nos contratos, a demora na análise dos documentos faz com que tais contratos continuem sendo indevidamente executados. A Promotoria ajuizou ação cautelar de exibição de documentos, porém a concessão da medida liminar que obrigaria o município a cumprir a exigência legal de enviar os documentos requisitados pelo Ministério Público foi negada. A Promotora recorreu da decisão ao Tribunal de Justiça, que manteve a decisão de primeira instância. A medida está sujeita a novo recurso.

Fontehttp://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6272621-EI8139,00-RJ+MP+diz+que+nao+recebeu+documentos+para+investigar+Delta.html

 

Comentários

Postagens mais visitadas